Texto teatral para 21-10 - BANQUETE NA CASA DO LEÃO



BANQUETE NA CASA DO LEÃO
29o Domingo do Tempo Comum
Ano B – Marcos 10, 35-45
de Emílio Carlos

NARRADOR – Oi pessoal! Tudo bem com vocês? Hoje nós vamos ver uma história bem legal que aconteceu na floresta. Quem gosta de história aí levante a mão! Levante a mão bem alto! Muito bem! 
Então todo mundo prestando bem atenção, tá bom? Vamos ver a história “Banquete na casa do leão”. Vamos lá.
Foi assim: o leão mandou um convite para todos os animais da floresta almoçarem na sua casa. Que legal, né? Ia ser uma festa e tanto. Mas o macaco e a raposa já vieram discutindo.

MACACO – Quem vai sentar à direita do leão sou eu.

RAPOSA – Claro que não! Quem vai sentar à direita do leão sou eu.

MACACO – Eu que vou.

RAPOSA – Eu que vou.

MACACO – Eu sou mais importante. Então eu vou sentar à direita do leão.

RAPOSA – Nada disso. Eu é que sou mais importante.

MACACO – Ah é assim?

RAPOSA – É sim.

MACACO – Então vamos decidir isso.

RAPOSA – De que jeito?

MACACO – Vamos tirar no par ou ímpar.

RAPOSA – Tá certo. Vamos lá.

(jogam e o macaco ganha).

MACACO – Rá, rá! Eu vou ficar do lado direito do leão.

RAPOSA – Droga.

TARTARUGA – Quanta bobagem! Se o banquete é do leão como é que vocês podem escolher o lugar? Quem tem que escolher é o leão, que é o dono da festa.

MACACO – Nada disso! A gente já escolheu.

RAPOSA – É: o macaco fica do lado direito do leão e eu fico do lado esquerdo.

NARRADOR – Nisso entram 2 coelhos pobres.

TARTARUGA – Olá, coelhinhos!

COELHO 1 – Olá, dona tartaruga!

COELHO 2 – Olá!

TARTARUGA – Vocês também foram convidados para o banquete do leão?

COELHO 1 – Fomos sim.

COELHO 2 – Fomos.

NARRADOR – O macaco e a raposa ficaram horrorizados.

MACACO – O quê?

RAPOSA – Pobres no banquete?

TARTARUGA – O leão convidou todos, sabiam?

MACACO – Certo. Mas já vou logo avisando: eu vou me sentar à direita do leão.

RAPOSA – E eu vou me sentar à esquerda do leão.

COELHO 1 – Pra nós qualquer lugar tá bom.

COELHO – É isso mesmo.

NARRADOR – Nisso chega o leão.

LEÃO – Olá a todos e muito obrigado por terem vindo! Vamos nos sentar.

MACACO – Sabe leão: eu e a raposa já escolhemos nossos lugares.

RAPOSA – É isso mesmo.

LEÃO – Não se preocupem com isso. Eu já decidi onde cada um vai se sentar.

(o leão vai para a mesa).

MACACO – Aposto que ele vai me chamar primeiro.

RAPOSA – Eu é que vou primeiro.

LEÃO – Podem vir, coelhinhos. Vocês vão ficar do meu lado.

COELHOS – Êêêêê! (sentam-se ao lado do leão).

MACACO – O quê?

RAPOSA – Mas e nós?

LEÃO – Pode vir, tartaruga! Sente-se aqui.

TARTARUGA – Obrigada! (senta-se na cadeira do meio)

LEÃO – Agora vocês podem vir. O macaco e a raposa vão se sentar no final da mesa.

MACACO – (ao público) Que absurdo!

RAPOSA – (ao público) Que abuso!

LEÃO – Falaram alguma coisa?

MACACO – (disfarça) Não, não.

RAPOSA – Não dissemos nada.

(sentam-se no fim da mesa)

NARRADOR – Todos nós somos convidados a entrar no Reino de Deus. Porém quem quiser ser o primeiro que seja o mais humilde de todos. Porque até Jesus, que é filho de Deus, veio ao mundo para servir e deu a vida para nos salvar. Então precisamos ser humildes e entender que viemos ao mundo para servir ao próximo: servir nossos pais, nossos irmãos, nossa família, nossos colegas.
Humildade agora e sempre. Assim Deus vai ficar feliz com a gente. Tchau pra vocês. Tchau!

(música)

F i m



www.lojinhacriancacatolica.com.br




Comentários