Texto teatral - DIA DE FINADOS



DIA DE FINADOS
Datas Especiais – Ano B
de Emílio Carlos

JOCA – (entra meio desanimado) Oi pessoal!

CLARINHA – (entra) Oi pessoal!

JOCA – É... oi.

CLARINHA – Joca.

JOCA – (desanimado) Oi Clarinha.

CLARINHA – Joca: você não fazer “o-o-o-oi”?

JOCA – Não, Clarinha.

CLARINHA – Nem vai fazer “oíííííííí” ou coisa assim?

JOCA – Não, Clarinha.

CLARINHA – Gente: o Joca está doente.

JOCA – Não, Clarinha: eu só estou pensativo só.

CLARINHA – É mesmo, Joca? E no que você está pensando?

JOCA – É que o meu avô morreu quando eu era pequeno, minha tia também morreu, e daí eu pensei: “Gente: eu também posso morrer!”. Daí eu fiquei assim, meio triste.

CLARINHA – Não precisa ficar assim, Joca.

JOCA – É... mas eu estou assim…

CLARINHA – Sabe, Joca: é triste mesmo quando um parente da gente morre.

JOCA – Se já é triste quando um parente morre imagine quando eu morrer... Eu preferia não morrer.

CLARINHA – Você ainda tem muito tempo pela frente, Joca. Sabe: não dá pra não morrer. Mas dá pra se preparar.

JOCA – Como assim, Clarinha?

CLARINHA – Durante a vida inteira, a cada dia da sua vida, se prepare.

JOCA – Como eu faço isso, Clarinha?

CLARINHA – Você precisa vir à Missa, ouvir a Palavra de Deus, rezar e fazer tudo o que Jesus ensinou. Daí quando Deus chamar você pro céu você vai estar pronto.

JOCA – É verdade.

CLARINHA – Daí seu Anjo da Guarda vai ajudar você a ir pro céu e se encontrar com todos os Anjos, todos os santos e santas, Nossa Senhora, Jesus e Deus.

JOCA – Nossa, vai ser legal, hein!?

CLARINHA – É mesmo, Joca! Mas só que pra isso tem que se preparar aqui na terra. É preciso ser bom filho, bom aluno, bom moço, bom filho de Deus.

JOCA – Ou seja: é preciso ser bom.

CLARINHA – Isso mesmo, Joca.

JOCA – Pensando bem a morte não é uma coisa triste, né Clarinha?

CLARINHA – Não, Joca. Depois que você cumprir aqui na terra a Missão que Deus te deu, é o momento de você se encontrar com Deus.

JOCA – Que legal!

CLARINHA – Vale a pena ser bom, cumprir nossa missão e se preparar para ir para o céu.

JOCA – Eu quero ir pro céu.

CLARINHA – Eu também.

JOCA – Quem quer ir pro céu levante a mão!

CLARINHA – Eu!

JOCA – Levante a mão bem alto!

CLARINHA – Eu!

JOCA – Então todo mundo sendo bonzinho pra ir pro céu, tá bom?

CLARINHA – Tá!

JOCA – Tá bom?

CLARINHA – Tá!

JOCA – Então tchau pra vocês!

CLARINHA – Tchau!

JOCA – Tchau pra vocês!

CLARINHA – Tchau!

JOCA – Tchau!

CLARINHA – Tchau!

(saem. Música)

F i m


www.lojinhacriancacatolica.com.br




Comentários